Pular para o conteúdo principal

Postagens

Fundação Dom Cabral fica entre as 10 melhores escolas de negócios do mundo

Postagens recentes

Programa de compliance é também para pequenas empresas

Por Fernando Augusto Fernandes e Guilherme Lobo Marchioni
Originalmente publicado em www.conjur.com.br

Tratar sobre compliance é enfrentar definições em inglês pouco esclarecedoras, emaranhar-se na confusão entre direito e governança corporativa frente ao tema e se deparar com premissas (muitas vezes vazias) de ética corporativa. Bem por isso, embora o interesse por estar em compliance tenha se popularizado, o trabalho do profissional de compliance — e seus benefícios — ainda é pouco compreendido.

É certo, contudo, que a obscuridade sob o qual o assunto está imerso não é regra nem necessário. Beneficiar-se de um programa de integridade e atender às obrigações de compliance definidas em lei pode, sim, ser descomplicado e acessível para qualquer estrutura de negócios.

Estabelecer um programa de compliance para empresas é, basicamente, instituir um conjunto de medidas de integridade (valores, regras, procedimentos) com o objetivo de evitar, detectar e interromper a ocorrência de irregula…

Brasil segue sem selo de bom pagador segundo Fitch

A agência de classificação de risco Fitch reafirmou nesta quarta-feira (1º) a nota de crédito do Brasil em BB-, com perspectiva estável. Com isso, o país segue sem o chamado grau de investimento, uma espécie de "selo de bom pagador".

"Os ratings do Brasil são limitados pelas fraquezas estruturais nas finanças públicas e pelo alto endividamento do governo, pelas fracas perspectivas de crescimento, por um ambiente político desafiador e por questões relacionadas à corrupção que pesaram na efetiva formulação de políticas econômicas e prejudicaram o progresso das reformas", afirma a Fitch em comunicado.

Continuar lendo: UOL Economia

Planos de Saúde: ANS recua sobre franquia e 40% de coparticipação

A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) voltou atrás e decidiu derrubar a resolução normativa 433, que definia regras para a cobrança de franquia e coparticipação em planos de saúde, e fazer novas audiências públicas sobre o tema. A revogação foi aprovada pela diretoria do órgão em reunião nesta segunda-feira (30).

A resolução normativa 433 permitia que as operadoras cobrassem dos clientes até 40% do valor de cada procedimento realizado e estabelecia limites para a cobrança de franquia (similar à de seguro de carro). A medida, no entanto, havia sido suspensa provisoriamente pelo STF (Supremo Tribunal Federal) antes mesmo de entrar em vigor.

Startup recebe R$ 3 milhões para desenvolver voos executivos compartilhados

A empresa Flapper, que criou aplicativo que permite fretar viagens em aviões executivos e helicópteros, recebeu investimentos de R$ 3 milhões para ampliar seus negócios.

Para oferecer as viagens, a startup conta com aviões de empresas de táxi aéreo, que usam seu serviço como canal de vendas para atrair clientes de modo mais simples do que o convencional.

Atualmente são cerca de 20 parceiras que atendem aos pedidos dos clientes feitos pela internet.

Porém a principal aposta da Flapper para o futuro é, em vez de fretar voos inteiros, oferecer rotas rotineiras feitas por aviões executivos para serem compartilhadas por até 10 viajantes.

No modelo, que começou a ser testado em novembro, cada viajante compra passagem para voos disponíveis da mesma forma que na aviação comercial. Há no app sugestões de horários de partida.

A diferença é que quem reserva assento primeiro tem prioridade na escolha do que acha mais adequado.

Matéria da Folha de S. Paulo

Netflix ultrapassa Disney e se torna empresa de mídia mais valiosa do mundo

Há cerca de duas semanas, a Netflix ultrapassou em valor de mercado a Comcast, maior empresa de TV a cabo do mundo. Agora, ela superou também a Disney e virou a companhia de mídia mais valiosa no planeta.

A troca de posições ocorreu nesta quinta-feira (24) por volta das 13h30, quando as ações da Netflix tinham alta de 1,87% e eram cotadas em US$ 351. Com isso, o valor da empresa chegava a US$ 152,3 bilhões.

Leia mais em tecnoblog.


Avião civil mais rápido do mundo, Citation X será descontinuado

Considerado a obra-prima da fabricante Cessna Aircraft, o jato executivo Citation X, hoje o avião civil mais rápido do mundo, vai sair de linha neste ano (2018). A aeronave capaz de voar a velocidade máxima de 1.115 km/h por muito pouco não é supersônica (a velocidade do som é de 1.225 km/h). Apesar do desempenho expressivo, o jato lançado em 1996 vem perdendo espaço no mercado de aviação executiva nos últimos anos, com volumes de entregas cada vez menores.

Segundo reportagem do Aviation Week, o Citation X perdeu sua atratividade por conta de seus altos custos operacionais que superam os de modelos concorrentes, enquanto a tendência do mercado é justamente a redução de despesas. O jato fabricado nos Estados Unidos é avaliado em US$ 23 milhões (cerca de R$ 83,8 milhões) e em 22 anos de produção somou mais de 300 entregas, número que é considerado um sucesso na aviação executiva.

Um dos rivais do Citation X, um jato executivo médio e longo alcance, é o Embraer Legacy 650, que pode alcan…

População com idade para trabalhar vai parar de crescer em 2020

No futuro, não muito distante, a população em idade ativa (entre 15 e 64 anos) parará de crescer e, a partir daí, o número de idosos e crianças passará a subir.

“O perfil demográfico do Brasil em breve começará a assemelhar-se ao de muitos países europeus, embora o país se encontre em nível muito inferior de desenvolvimento econômico.”

A chamada taxa de dependência (proporção de crianças até 14 anos e idosos acima de 65 anos na população) parará de cair em 2020, ficando estável em 47% até 2024, quando passa a subir.

Em 2030, as pessoas fora da idade habitual para trabalhar (crianças e idosos) serão mais numerosas do que os potenciais trabalhadores. No jargão técnico, o bônus produzido pela demografia favorável, com uma crescente população trabalhadora, ficará para trás.

A projeção é parte do relatório “Competências e empregos: uma agenda para a juventude”, do Banco Mundial apresentada em 07 de março de 2018 em Brasília.

A produtividade do trabalho, segundo o Banco Mundial, respondeu s…

O novo paradigma da gestão na era da informação

O gestor como agente responsável pela promoção de altos níveis de
produtividade e eficiência operacional deve sempre pensar em processos
decisórios. “Qualquer negócio (bem administrado) tem um conjunto de
processos definido e é necessário começar pelos (...) que tem mais
impacto na sua receita e no atendimento ao cliente. (...) Uma empresa
sem processo é uma empresa desorganizada e uma empresa desorganizada
custa muito mais.” [1] Atualmente a definição dos processos não se dá
mais como no passado quando as mudanças organizacionais eram feitas
através de decisões implementadas através de autoridade e poder. Na
era da informação o conhecimento é uma das ferramentas principais para
o desenvolvimento do negócio. Por tanto, os funcionários que lidam
diretamente com informações estratégicas são fundamentais na
elaboração e implantação de novos processos.[2] São estes que
fornecerão informações necessárias para a análise, compartilhamento e
monitoramento dos processos decisórios do gestor. I…

Modernização x Gestão de Custos

Todas as empresas visam o lucro e os gestores tem na TI uma oportunidade de expandi-lo. A geração de lucro está diretamente ligada à redução de custos e a implantação de um novo software ou até mesmo de um hardware implicam em custos, mesmo que esta aplicação tenha como objetivo a redução do mesmo. Por tanto, ao decidir pela implantação de uma nova tecnologia a empresa deve tomar esta decisão embasada em objetivos estratégicos necessários para a configuração do sistema ou instalação de um hardware.

Se os objetivos estratégicos não forem determinados de forma clara e precisa os custos da implantação da nova tecnologia podem sair do controle ou demandar mais tempo na implantação, o que consequentemente acarretará em custos que ao saírem do controle podem inviabilizar o projeto.

Também ligada a esta questão dos objetivos estratégicos está a escolha de um sistema já existente no mercado ou a elaboração de um sistema novo. Um sistema exclusivo pode em curto prazo parecer atraente principa…