Pular para o conteúdo principal

Startup recebe R$ 3 milhões para desenvolver voos executivos compartilhados

A empresa Flapper, que criou aplicativo que permite fretar viagens em aviões executivos e helicópteros, recebeu investimentos de R$ 3 milhões para ampliar seus negócios.

Para oferecer as viagens, a startup conta com aviões de empresas de táxi aéreo, que usam seu serviço como canal de vendas para atrair clientes de modo mais simples do que o convencional.

Atualmente são cerca de 20 parceiras que atendem aos pedidos dos clientes feitos pela internet.

Porém a principal aposta da Flapper para o futuro é, em vez de fretar voos inteiros, oferecer rotas rotineiras feitas por aviões executivos para serem compartilhadas por até 10 viajantes.

No modelo, que começou a ser testado em novembro, cada viajante compra passagem para voos disponíveis da mesma forma que na aviação comercial. Há no app sugestões de horários de partida.

A diferença é que quem reserva assento primeiro tem prioridade na escolha do que acha mais adequado.

Matéria da Folha de S. Paulo

Comentários